Campeonato Nacional de Barcos em Vila Franca de Xira

Por sugestão do Miguel mestre da Tribo da Fotografia, fui ver a primeira jornada do campeonato nacional de barcos de 2015, nas classes F4, T 850 e PR 750.

Quando cheguei ao cais de Vila Franca de Xira, encontrei um estendal de barcos espalhados pela relva, cada um com uma corte de pilotos, mecânicos, e familiares. Havia no ar um ambiente de antecipação, embora em alguns barcos se trabalhasse freneticamente nos motores.

Quando chegou a altura da primeira manga, uma enorme grua colocou os barcos na água, um a um. Os barcos deram algumas voltas de aquecimento. Segundo me contaram, essas voltas são obrigatórias para os catamarans F4, que literalmente metem água se estiverem parados.

A corrida tinha barcos de três classes diferentes:

Classe Casco Motor Km/h
F4 Catamaran 850 cc 70 cv 170
T 850 Monocasco 850 cc 70 cv 140
PR 750 Semi-rígido 750 cc 60 cv 120

Quando a corrida começou, a diferença entre as três classes de barcos tornou-se óbvia. Mais que na velocidade máxima, estes barcos diferem na capacidade de mudar de direcção.

Os catamarans F4 curvam quase em ângulo recto, enquanto os barcos monocasco e semi-rígidos fazem curvas bastante mais largas. Resultado: os catamarans F4 fazem uma corrida “por dentro”, a rasar as bóias, enquanto os restantes barcos fazem trajectórias arredondadas, afastando-se muito mais do centro.

No fim da primeira manga, a grua retirou os barcos de dentro de água. Os mecânicos apressaram-se a fazer pequenas manutenções, por exemplo mudar a bateria.

Durante este intervalo, Bernardo Branco fez uma demonstração de Wakeboard (prancha rebocada por barco) que incluiu dois impressionantes saltos mortais. Infelizmente, estava no pior lugar possível para o fotografar, em conta-luz e sem um bom ângulo. Acabei por não tirar nenhuma fotografia ao Bernardo.

Classificações

Classificação na classe F4:

  • 1.º Luis Miguel Ribeiro (Nautiracing, barco nº 15) – 400 pontos.
  • 2.º Luis Vila Verde (Villa’s Racing Team, barco nº 24) – 300 pontos.
  • 3.º Micael Oliveira (Autogaeiras, barco nº 65) – 225 pontos.
  • Diogo Gonzaga Ribeiro (António Gonzaga – Team Gonzaga Remax, barco nº 20) – 0 pontos (desistiu devido a problemas mecânicos).

Classificação na classe T 850:

  • 1.º Andreia Pereira (Fernanpeças, barco nº 27) – 400 pontos.
  • 2.º Paulo Monteiro (Nienor racing Team, barco nº 38) – 300 pontos.
  • Diogo Câmara (barco nº 16) – 0 pontos.
  • Ruben Bragança (ANEM Racing Team, barco nº 74) — 0 pontos (desistiu por avaria).

Classificação na classe PR 750:

  • 1.º João Neves (Manos Neves, barco nº 14) – 400 pontos.
  • 2.º Vasco Neves (Manos Neves, barco nº 29) – 300 pontos.

Referências

Federação Portuguesa de Motonáutica
Site oficial, com informação detalhada, embora sobre a forma de “press releases”.
Press release 1
Primeiro “press release” descrevendo as classes de barcos em competição e o plano de actividades para os dois dias.
Press release 2
Segundo “press release” com as classificações das corridas, mas sem indicar o número correspondente a cada barco concorrente.

blogroll

social