Rancho Folclórico de Emaús (Bélgica) nos Amiais

Um dos elementos do Rancho Folclórico Emaús (Bélgica) morreu no ano passado, e tinha o desejo que o grupo actuasse na sua aldeia. Em homenagem póstuma, o grupo veio actuar aos Amiais. Alguns dos elementos do rancho eram familiares da falecida.

O grupo, de inspiração minhota, teve o cuidado de apresentar individualmente cada traje, explicando a razão de ser das cores. É notável a capacidade de preservar as tradições minhotas tão longe do Minho.

Fizeram um intervalo na sua actuação, ao contrário do que é habitual, o que quebrou o ritmo da actuação. Receberam uma lembrança útil de uma pessoa da Ínsua: uma peça de madeira com o nome do próprio rancho.

Por razões técnicas, só tinha capacidade de tirar cerca de 100 fotos, que em princípio tinham que durar o resto do dia. Fiquei apenas com 57 fotos, após apagar algumas no local, uma fracção das que tiraria normalmente. Fotografei com a zoom 24-105mm, largamente limitado ao espaço de cerca de um metro à volta do palco no chão. Pelo meio, usei a lente fixa de 20mm para captar um pouco mais do ambiente.


Comunidade Portuguesa de Emaús (Bruxelas), desde 1973.

Serviço “SOS a quem chega” (sos.aquemchega@outlook.com, +32 497 12 21 31)
Uma actividade notável de voluntários desta associação, que tenta ajudar os recém-chegados à Bélgica a conhecerem os seus direitos e obrigações, incluindo obtenção do Bilhete de Identidade belga, inscrição na comuna, inscrição das crianças na escola, inscrição no consulado, inscrição na segurança social “mutuelle”, inscrição nas aulas de português, aconselhamento no aluguer de casa, pedido de instalação de gás ou electricidade, acesso ao serviço de saúde, ajuda na procura de emprego.

Série

Este artigo é a parte 4 de uma série:

  1. Grupo Musical Beira Alta (Suíça) nos Amiais
  2. Missa e procissão nos Amiais
  3. Rafael nos Amiais
  4. Rancho Folclórico de Emaús (Bélgica) nos Amiais
  5. Banda Xpress Music nos Amiais

blogroll

social