O Filipino

Hoje recebi uma carta das Filipinas. Dentro do envelope, uma folha arrancada a uma revista com um post-it:

Hi
Try this.
It's really good!
     (assinado) J

Já tive uma colega filipina, mas isto não parecia o estilo dela. Examinei melhor a folha de revista. A primeira palavra da página da frente dizia “advertisement”... e a página de trás incluía um formulário para assinar a revista "Trend Letter" (24 números por ano) pela módica quantia de USD$495! Publicidade, então, a uma provável mísera folha vendida a peso de ouro!

A minha imaginação disparou: existe então um filipino (homem? mulher? criança?) cujo trabalho é...

  1. Tirar uma revista de um monte e arrancar uma folha específica
  2. Escrever um post-it
  3. Colar o post-it na folha arrancada
  4. Colocar tudo num envelope?

Examinei ainda melhor a folha. Ao fundo da folha, de lado, dizia “Personalized promotion by Briefings Publishing Group ©2003.” Ha! Afinal não é uma página arrancada a uma revista, pois uma página de revista não teria publicidade personalizada. Afinal, as páginas de revista foram impressas de propósito para serem rasgadas, possivelmente por meios mecânicos.

Não deixo de sentir pena por este filipino que come as migalhas deixadas pelas agressivas empresas de marketing de stocks americanos. Mas uma das vantagens da globalização é precisamente este filipino poder ter este trabalho...


(original no blogspot)

blogroll

social